Programa de Combate à Pobreza Rural em Minas Gerais vai beneficiar 42 acampamentos



Quatro mil pessoas de 42 acampamentos da reforma agrária serão beneficiados pelo Programa de Combate à Pobreza Rural em Minas Gerais promovido pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social (SEDESE). O objetivo é mobilizar, envolver, despertar e orientar famílias em organização comunitária, fomentando a produção alimentar para o desenvolvimento de áreas rurais, em especial as áreas de reforma agrária. Para isso, serão investidos mais de R$ 4 milhões.

De acordo com o assessor de Desenvolvimento de Políticas de Trabalho e Emprego da SEDESE, Bruno Dias Magalhães, serão oferecidas capacitações e formações em práticas agroecológicas nos moldes da educação popular. “Serão criadas hortas que incluam cultivo de plantas medicinais e aromáticas, de lavouras e de pequenos animais. O projeto prevê ainda a implantação de cozinhas comunitárias para a produção de alimentação coletiva”, comentou.
Todo esse processo, segundo ele, resultará na equidade, cooperação, solidariedade e elevação da autoestima nas áreas de acampamento e pré assentamento em todo o Estado. “O projeto vai possibilitar também a interface com a Economia Solidária através dos processos formativos e a constituição de fundos solidários”, finalizou.


Nenhum comentário: