Garantia Safra assegura a manutenção da agricultura familiar em Minas Gerais


Número de beneficiários com o seguro contra perdas na safra teve alta de 40% e investimentos de R$ 37 milhões

  • ícone de compartilhamento
O benefício de R$ 850 reais que a Dona Ilda Ferreira dos Santos, 43 anos, recebe por meio do Garantia Safra, garante o sustento da família durante o período de estiagem que afeta a zona rural de Capitão Enéas, no Norte de Minas. O programa atende famílias de agricultores familiares do semiárido mineiro, que ao longo do ano perderam mais de 50% da safra com a estiagem ou enchentes.
“Esse dinheiro ajuda bastante a gente. Ajuda na hora do aperto. Inclusive para comprar mudas e sementes”, conta a agricultora, que produz no quintal de casa milho, feijão, abóbora e mandioca. Os grãos e os legumes são vendidos na feirinha de sábado, na comunidade rural de Malhada Real, próxima à Capitão Enéas.
No ano passado, o Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário (Seda), aumentou em 40% a quantidade de beneficiados, passando de 50 mil para 70 mil agricultores, em 168 municípios. Foram destinados mais de R$ 37 milhões. O programa conta com a parceria daEmater; com os Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural Sustentável - CMDRS e as prefeituras locais.
Além disso, o Estado abriu a possibilidade para todos os municípios do semiárido fazerem adesão. Ao todo, 106 municípios se inscreveram no  programa.
O benefício de R$ 850 é concedido em cinco parcelas mensais, de R$ 170, ao agricultor ou agricultora que sofre com a perda de, pelo menos, 50% da produção de feijão, milho, arroz, mandioca, algodão ou outras culturas, em razão de estiagens ou enchentes. O dinheiro pode ser retirado a partir de julho, com o Cartão Social do Cidadão depois de comprovada a perda agrícola.
Na safra 2015/2016, 43.785 agricultores familiares receberão o benefício até julho. “É certo que, para a próxima safra, esperamos uma maior adesão dos municípios e dos agricultores para continuar garantindo o direito à segurança alimentar e nutricional às famílias dos territórios Norte, Alto Jequitinhonha, Baixo e Médio Jequitinhonha e Mucuri”, acredita o secretário de Estado de Desenvolvimento Agrário, Glenio Martins.
O Garantia Safra é uma ação do Ministério do Desenvolvimento Agrário, por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), voltada para agricultores.
Os agricultores devem verificar se seus municípios aderiram ao Garantia Safra. Uma vez que o município assinou o Termo de Adesão e foi definida a quantidade de agricultores que poderão participar em sua jurisdição, se inicia o processo de inscrição, seleção e adesão dos agricultores. Outras informações podem ser acessadas no site da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário: www.agrario.mg.gov.br.


Fonte: Agência Minas

Nenhum comentário: