Comissão de Saúde discute contaminação de alimentos


A contaminação dos alimentos e os riscos à saúde humana serão discutidos pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais na quarta-feira (16/11/11), às 9h30, no Teatro. A reunião foi solicitada pelo deputado Adelmo Carneiro Leão (PT) e terá como base o Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos, desenvolvido pela Anvisa juntamente com 25 estados, entre eles Minas Gerais.
Segundo o programa, os produtos mais contaminados por agrotóxicos no País são o pimentão, a uva, o pepino, o morango, a couve, o abacaxi, o mamão, a alface e o tomate. Em seu requerimento, o deputado Adelmo Carneiro Leão destaca dados do Sindicato Nacional para Produtos de Defesa Agrícola (Sindage), que mostram o Brasil como o maior consumidor de agrotóxicos do mundo. “Em 2008, o País quase alcançou a marca de 700 milhões de litros desses produtos legalmente comercializados e em 2009, esta marca atingiu a 1 bilhão de litros”, informou. Segundo Adelmo, esse volume dá a perigosa quantidade de 5,2 kg de veneno utilizados por habitante por ano.
Foram convidados para a audiência o deputado federal Padre João; o diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Brás; o secretário de Agricultura, Elmiro Nascimento; o secretário de Meio Ambinete, Adriano Magalhães; o subsecretário de Agricultura, Edmar Gadelha; o presidente da Emater, Maurílio Guimarães; o presidente da Fetaemg, Vilson Luiz da Silva; o coordenador-geral da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar de Minas Gerais, Juseleno da Silva; o presidente da Fundação Oswaldo Cruz, Paulo Gadelha; a professora da Faculdade de Medicina da UFMG, Jandira Maciel; o coordenador da Rede de Intercâmbio de Tecnologias Alternativas, Marcelo Oliveira de Almeida; e a representante do Comitê Estadual da Campanha Permanente contra o uso de Agrotóxicos pela Vida, Marília Gaia.


Fonte: ALMG

Nenhum comentário: