Unidades de conservação de Minas apresentam programação especial na Semana do Meio Ambiente



Evandro Rodney
O Parque Estadual do Ibitipoca, na Zona da Mata, receberá a banda Mangaia do Instituto Curupira
O Parque Estadual do Ibitipoca, na Zona da Mata, receberá a banda Mangaia do Instituto Curupira

Mutirões de limpeza, observação de animais, blitze ecológicas e distribuição de mudas são algumas das atividades das comemorações da Semana do Meio Ambiente de 2015 em algumas das unidades de conservação estaduais de Minas Gerais. As atividades ocorrerão em diferentes regiões do estado com a intenção de envolver as comunidades locais no trabalho de preservação ambiental.
O Parque Estadual do Ibitipoca, na Zona da Mata, receberá a banda Mangaia do Instituto Curupira para duas apresentações nos dias 5 e 6 de junho, apresentando as músicas do álbum Mundo. O grupo concilia música e teatro, abordando questões ecológicas, humanas e de sensibilização. Atualmente, a banda abraça a luta pelos direitos da mulher.
A equipe do Parque Estadual de Sete Salões, no Leste de Minas, realizará ações nos quatro municípios onde a unidade de conservação está inserida: Resplendor, Santa Rita do Itueto, Conselheiro Pena e Itueta. No período de 1º a 3 de junho, estão previstas blitze ecológicas com distribuição de mudas e mostra de sementes.
A equipe do Parque Estadual do Pau Furado somou forças com a prefeitura de Uberlândia e participará das comemorações da Semana do Meio Ambiente. Com ações nos dias 30 de maio e 1º, 2 e 3 de junho, as celebrações incluem palestras, blitz ecológica na rodovia MGT-497, mutirão de limpeza, caminhada ecológica em áreas verdes e cursos d´água e visitas ao parque com observação botânica e de aves.
Em Mar de Espanha, na Zona da Mata, a programação da Estação Ecológica começa no dia 29 de maio com o 2° Bate Papo Rural que terá a participação de especialistas em assuntos rurais, como técnicas de pastagens, mineralização de bovinos e de preservação do meio ambiente. Também serão realizadas visitas à nascente, plantios de mudas, minicursos e apresentações culturais.
Minas Gerais possui, no total, 112 unidades de conservação de diferentes categorias que protegem 2,1 milhões de hectares nos três biomas encontrados: a Mata Atlântica, o Cerrado e a Caatinga.

Nenhum comentário: