Inscrições para Feira da Agricultura Indígena encerram dia 26


Os agricultores familiares indígenas interessados em participar da 2ª Feira Nacional de Agricultura Tradicional Indígena têm até o dia 26 de junho para se inscrever no evento. A participação pode ser individual, por associação ou cooperativa. Serão escolhidos 15 empreendimentos onde são produzidos alimentos e bebidas originários do cultivo indígena como mel, castanhas, guaraná, farinha, óleos vegetais, entre outros.
A feira ocorrerá durante os Jogos Mundiais dos Povos Indígenas, que serão realizados em outubro, em Palmas, capital do Tocantins.  O ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, confirmou participação no lançamento dos jogos, em cerimônia que ocorrerá no dia 23 de junho, em Brasília.

Seleção

Serão selecionados até 15 empreendimentos familiares indígenas individuais ou coletivos das cinco regiões brasileiras. Os interessados devem ter a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) e fazer a inscrição até o dia 26 de junho. A feira é promovida em parceria entre MDA, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), a Fundação Nacional do Índio (Funai) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).
Os empreendimentos interessados deverão verificar os requisitos na Carta de Solicitação de Manifestação, preencher o formulário e enviá-lo para: cgpct@mda.gov.br.
A II Feira Nacional da Agricultura Tradicional Indígena irá promover e estimular a autonomia e autodeterminação dos povos indígenas - conceito também chamado de etnodesenvolvimento, o consumo de produtos saudáveis e sustentáveis, ao mesmo tempo em que valoriza o conhecimento tradicional e agrega valor à diversidade da produção indígena brasileira. Os produtos selecionados serão apresentados num espaço de 800m².
A feira integra a programação da primeira edição dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas, que será realizado pelo Comitê Intertribal Memória Ciência Indígena (ITC) com apoio do Ministério dos Esportes, entre os dias 20 de outubro e 1º de novembro deste ano, na capital tocantinense.

Fonte: MDA

Nenhum comentário: