ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL É TEMA DE SEMINÁRIO PROMOVIDO PELO GOVERNO DE MINAS E CONSEA

De onde vêm os alimentos que comemos todos os dias? De perto ou de longe da nossa casa? E a quantidade de agrotóxico? É possível saber? Essas foram algumas das principais questões levantadas no Seminário de Capacitação Técnica, realizado no dia 14, na Cidade Administrativa, preparatório para a 6ª Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável de Minas Gerais, programada para acontecer em agosto, em Belo Horizonte.
Com o objetivo de promover a soberania alimentar, garantindo o direito à alimentação adequada e saudável, o Seminário de Capacitação Técnica propôs também o fortalecimento da participação popular através da mobilização dos movimentos sociais e da sociedade civil. “Queremos fortalecer os processos de comercialização aproximando os agricultores dos consumidores”, informou a assessora de assuntos da Agricultura Familiar e Segurança Alimentar da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), Renata de Souza Seidl, especialista em Política Agrícola e Segurança Alimentar.
Para a conselheira representante do Triângulo Mineiro, Marisa Neiva da Silva, que participou do evento, é fundamental conhecer a origem da comida que compramos todos os dias. “Precisamos deixar de comprar alimentos sem informações nos rótulos e que sejam criados novos espaços de cultivo”, afirmou.
Este foi o primeiro encontro promovido entre o Governo de Minas Gerais e o Conselho Estadual de Segurança Alimentar (Consea-MG) de um total de 25 reuniões preparatórias agendadas para os meses de junho e julho com vistas à Conferência Estadual de Segurança Alimentar. “Nossa maior preocupação é sensibilizar as pessoas para consumir uma alimentação saudável e, ao mesmo tempo, reforçar o desenvolvimento da agricultura familiar nos municípios mineiros”, destaca a assessora da Seplag.

Fonte: http://www.seplagemrede.mg.gov.br/75/1774/

Nenhum comentário: