Belo Horizonte recebe a 3ª edição do festival de cultura quilombola

O tradicional Canjerê reúne comunidades de várias regiões do estado, no Circuito Liberdade, entre os dias 11 e 13 de maio.

Programação
FEIRA QUILOMBOLA


Cultura, artesanato, culinária e produtos quilombolas
Alameda da Educação
Dia 11, sexta-feira, 10h às 22h
Dia 12, sábado, 10h às 22h
Dia 13, domingo, 10h às 18h

PROGRAMAÇÃO ARTÍSTICA
11/05, sexta-feira
14h às 18h - Palco aberto com atrações culturais quilombolas
19h – Abertura oficial
20h – Kizomba (Comunidade quilombola Manzo)
20h40 - Pereira da Viola
12/05, sábado
14h às 18h - Palco aberto com atrações culturais quilombolas
15h - Samba de Terreiro
19h – Mironê (Comunidade quilombola Carrapatos da Tabatinga de Bom Despacho)
20h – Grupo de Rap Realidade Negra (Comunidade quilombola de Campinho da Independência, Paraty, RJ)
13/05, domingo
14h às 18h - Palco aberto com atrações culturais quilombolas
9h – Cortejo: Concentração na Praça da Liberdade e segue para a Catedral de Lourdes
Guardas de congados de: Ribeirão das Neves, São Romão, Santa Luzia, Berilo, Minas Novas, Chapada do Norte, Janaúba, Jequitibá, Bom Despacho e Belo Vale.
14h às 18h - Palco aberto com atrações culturais quilombolas

DEBATES
Conjuntura brasileira e o papel das Comissões Regionais Quilombolas na promoção de direitos
Com representantes da N'Golo da região do Alto Vale Rio Doce e Jaíba e do Centro de Documentação Eloy Ferreira da Silva-Cedefes, uma Organização Não-Governamental de minas Gerasis sem fins lucrativos, filantrópica, de caráter científico, cultural e comunitário, de âmbito estadual, para promover a informação e formação cultural e pedagógica, documentar, arquivar, pesquisar e publicar temas do interesse do povo e dos movimentos sociais.
12/05, sábado, às 16h
Rainha da Sucata - Auditório
Segurança Alimentar e Nutricional e Alimentação Tradicional
Com Marilda Quintino Guimarães e Maria Catarina de Souza
12/05, sábado, às 10h
Rainha da Sucata – Teatro de Arena

OFICINAS
Não são necessárias inscrições prévias. Vagas limitadas
Comunidades em situação de conflitos: encaminhamentos e acionamento dos órgãos competentes
João Batista (Unimontes); Flávia Assis (NESTH/UFMG); Mesa de Conflitos do Estado
11/05, sexta-feira, 9h
Rainha da Sucata - Auditório
Mídia ativismo com utilização de celulares
Mídia Ninja
11/05, sexta-feira, 15h
Rainha da Sucata - Auditório
Praça Carlos Drummond de Andrade
Saberes tradicionais com mestres quilombolas
Dona Sebastiana (Carrapatos da Tabatinga);Lindomar (Mata do Tição)
12/05, sábado, 9h
Rainha da Sucata – Auditório
Tranças afro (oficina coletiva)
Mulheres quilombolas representantes das comunidades de Carrapatos da Tabatinga, Porto Pontal, Espinho e Gurutubanos
12/05, sábado, 10h às 17h
Capacitação política e formação de lideranças
Jesus Rosário Araújo (N’Golo);Sandra Maria da Silva (N’Golo);Antônio Bispo (Piauí)
12/05, sábado, 15h
Memorial Minas Gerais Vale – Auditório

CINEQUILOMBOLA – Exibição de filmes com sessões comentadas
12/05 – Memorial Minas Gerais Vale – Casa da Ópera
Sessão 1 – 10h às 12h (debate até às 13h)
“Quilombos - Cultura e Resistência” (Quilombos Três Barras, Buraco, Cubas e ASCAXAR, Municípios envolvidos: Dom Joaquim, Alvorada de Minas e Conceição do Mato Dentro. 2017. 22 min.) Direção: Fábio Brito.
Quilombos da Serra do Cipó”  (Quilombos Mato do Tição (Jaboticatubas), Açude (Jaboticatubas); ASCAXAR (Dom Joaquim e Alvorada de Minas), Três Barras, Buraco e Cubas (Conceição do Mato Dentro). 2017. (72 min) Direção Bruno Vasconcelos e Alexia Melo
Debate: Lucas Hênrique e Adriana Maria de Fátima,  do Quilombo Ascaxar;  Alcione Aparecida Mendes, do Quilombo Buraco  e os realizadores Alexia Melo e Bruno Vasconcelos.
Sessão 2 – 13h às 14h (debate até às 14h)
“Filha de São Sebastião” (Quilombo Carrapatos da Tabatinga, Bom Despacho, MG, 2015. (47 min). Direção: Raquel Alvarez. (47 minutos).     
Debate:   Senhora Sebastiana (Mãe Tiana), Quilombo Carrapatos da Tabatinga, realizadora Raquel Alvarez
Sessão 3 – 14h às 15h20 (debate até às 16h)
“Tem Quilombo na Cidade – Mangueiras, Luízes e Manzo N'gunzo Kaiango, patrimônio de BH” (Quilombos, Luizes, Manzo e Mangueiras, Belo Horizonte. 2017. 60 min) Direção Bruno Vasconcelos e Alexia Melo
“Águas Sagradas” (Quilombo Mangueiras, Belo Horizonte. 2017.10min38) Direção: Gustavo Jardim.
Debate: Makota Kidoiale (Cássia Cristina) e Mameto Muiande (Mãe Efigênia) do Manzo N'gunzo Kaiango; Ivone Maria de Oliveira; Tatiane de Oliveira Pereira e Ione Maria de Oliveira do Quilombo Mangueiras. Miriam Aprígio, Núbia Sidônio e Marcos Alberto Nunes do Quilombo Luízes e os realizadores Alexia Melo e Bruno Vasconcelos.
Sessão 4 – 16h às 17h (debate até às 17h30)
“Eles sempre falam por nós” (Belo Horizonte. 2018. 70 min) Direção: Carina Aparecida
Debate: Carina Aparecida, Sara Cristina Ferreira Nunes e Senhoras Julia Aprígio Benfica, Luiza Maria Sidônio e Luzia Maria Sidônio, do Quilombo Luizes

DIÁLOGOS INSTITUCIONAIS
Gestão territorial - Cadastro Ambiental Rural, Cadastro Do Agricultor Familiar, Declaração de aptidão ao PRONAF – Emater, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, Instituto Estadual de Florestas, Delegacia Estadual do Ministério do Desenvolvimento Agrário
11/05, sexta-feira, 9h30
MM Gerdau Museu das Minas e do Metal - Auditório
Protocolo de consulta prévia em territórios quilombolas - Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, Instituto Estadual de Florestas, ICMBIO, Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Cidadania e Participação Social, Instituto Socioambiental
11/05, sexta-feira, 14h
MM Gerdau Museu das Minas e do Metal – Auditório
A saúde quilombola sob uma perspectiva dos saberes tradicionais - Secretaria de Estado de Saúde, Fiocruz, Fundação João Pinheiro
11/05, sexta-feira, 15h
Anexo da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais - Sala de cursos
Empoderamento e combate à violência de gênero - Subsecretaria de Políticas para Mulheres, Articulação das Mulheres do Campo, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, Núcleo de Estudos e Pesquisa sobre Mulher (UFMG)
12/05, sábado, 15h
Anexo da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais - Sala de cursos
Juventude quilombola: caminhos e desafios no âmbito das políticas públicas - CONEN, Claudinho (liderança de São Franscisco)
12/05, sábado, 10h
MM Gerdau Museu das Minas e do Metal – Auditório
Marco legal em foco pela efetivação dos direitos quilombolas: Artigo 68 ADCT, Decreto 4887/2003, Decreto Estadual 47289/2017 - Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, João Batista (Unimontes), Ministério Público Federal, Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Cidadania e Participação Social, Secretaria de Patrimônio da União, Lilian Gomes (UFMG)
11/05, sexta-feira, 9h30
Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais - Sala de cursos do anexo
Educação Quilombola e cotas quilombolas nas universidades - Shirley Miranda (UFMG), Mário Cléber (PUC/MG), José Eustáquio (UEMG), Secretaria de Estado de Educação
12/05, sábado, 14h
Anexo da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais - Sala de cursos

Nenhum comentário: